Salinas_Para

Em julho, quando as chuvas diminuem, o nível das águas dos rios abaixam e abre-se a temporada de férias escolares, começa o verão amazônico. No Pará, diversos municípios atraem turistas da capital paraense e de outros. Entre eles, destacam-se Salinas, a capital do verão paraense. Mas outras cidades, distantes de Belém, também são bastantes procurada pela beleza de suas praias, como Santarém, Salvaterra e Soure.

Mas apesar dos atrativos naturais que oferece, o Pará é um estado que ainda não atrai grande fluxo de turistas. Em 2017, o estado recebeu 1 milhão de turistas, metade do que Goiânia (GO) recebeu. Para desenvolver o turismo paraense, no atual mandato o deputado José Priante (MDB-PA) conseguiu junto ao Ministério do Turismo cerca de R$ 43,3 milhões para 27 municípios. Foram contemplados os seguintes municípios: Breves, Castanhal, Chaves, Conceição do Araguaia, Curralinho, Cumaru do Norte, Dom Eliseu, Eldorado do Carajás, Faro, Itaituba, Juruti, Medicilândia, Pau D’Arco, Peixe-Boi, Piçarra, Portel, Primavera, Prainha, Salvaterra, Santarém, Salinópolis, Santa Maria das Barreiras, São Caetano de Odivelas, São Francisco do Pará, Tucumã, Tucuruí e Uruará.

São recursos para diversas obras: construção de cais, urbanização de orlas, praças, espaços para shows, shopping popular e pavimentação vias. Várias obras estão começando, muitas estão em andamento e algumas estão sendo entregues, como é o caso do Shopping Popular de Castanhal, que deve ser inaugurado no início de julho.

Entre os projetos atendidos, são destaque a Orla do Lago do Pedalinho, em Salinas (R$ 10.$ 878.150,33); a urbanização da Praia do Maracanã e a orla da Vila Arigó, em Santarém (R$ 6 milhões); construção do Shopping Popular de Castanhal (R$ 2 milhões); e a revitalização do Tribódromo de Juruti (R$ 1 milhão 500 mil).

Cadastre-se  aqui

Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar
Fechar Menu