Priante, consegue, recursos, para, saneamento, básico, e, redes, de, água, para, cidades, do, Pará

Conseguir recursos para a construção de sistemas de abastecimento de água foi a forma que o deputado federal José Priante (MDB-PA) encontrou para ajudar as prefeituras de todas as regiões paraenses a enfrentarem um velho problema vivido por 53% da população do Pará, segundo o Ministério das Cidades: a falta de saneamento básico, a falta de água nas torneiras.

Buscando reduzir esse déficit de saneamento, o deputado federal José Priante (MDB) destinou R$ 241,8 milhões para as áreas de saneamento básico e saúde, contemplando municípios de todas as regiões paraenses, conforme dados do Sistema Integrado de Administração Financeira (SIAFI) e do Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (SICONV) do Governo Federal.

Entre as regiões atendidas está a do Guamá, para a qual Priante destinou R$ 46,6 milhões. Desse total, R$ 27,4 milhões foram para obras de construção de sistemas de abastecimento de água e melhorias sanitárias em cinco municípios: Magalhães Barata, Santo Antônio do Tauá, São Caetano de Odivelas, São Francisco do Pará e Vigia.

Já para a região do Tapajós Priante destinou R$ 72 milhões, dos quais R$ 18,5 milhões foram assegurados para implantação abastecimento de água, coleta de esgoto e instalações sanitária.

Dos municípios atendidos, destacam-se Novo Progresso e Santarém com dois grandes projetos. Priante destinou R$ R$ 9,3 milhões para a construção da Estação de Coleta e Tratamento de Esgoto de Novo Progresso, que já está em operação, e mais R$ 8,5 milhões para a implantação da rede de abastecimento de água do balneário de Alter do Chão, em Santarém.

Outra região atendida foi a dos Caetés, contemplada com R$ 46,6 milhões, dos quais R$ 20,6 foram para saneamento básico em seis municípios: Peixe-Boi, Primavera, São João de Pirabas, Salinópolis, Tracuateau e Santarém Novo.

Para Salinas, Priante conseguiu R$ 7,3 milhões, recursos destinados à construção das redes de abastecimento de água de dois populosos bairros da cidade: Nova Brasília e Bom Jesus.

“Investir em saneamento básico é investir em saúde, em qualidade de vida”, defende Priante. “O Pará precisa investir mais nesse setor para baixarmos esse déficit absurdo e melhorar a qualidade de vida da população”, destacou Priante, que é candidato à reeleição.

Cadastre-se  aqui

Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar
Fechar Menu