Priante_defende_recursos_no_para

Em sessão do Congresso Nacional, o deputado federal José Priante (MDB-PA) fez pronunciamento contra decisão do governo que pretende autorizar a mineradora Vale do Rio Doce a aplicar no Centro-Oeste os recursos obtidos com a renovação da concessão da Estrada de Ferro Carajás, que liga as minas da Vale do Pará ao Maranhão.

Se o Tribunal de Contas da União (TCU) autorizar o pedido de renovação, a mineradora Vale aplicará os recursos obtidos na Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO), deixando de aplicar os recursos no Pará. Segundo Priante, os recursos poderiam ser aplicados na Ferrovia que ligaria Açailândia (MA) ao Porto de Barcarena (PA), o que geraria benefícios para todo o Brasil, tendo em vista a localização estratégica do Pará.

Durante o pronunciamento, Priante disse que o Pará exige uma revisão por parte do governo, para que o estado seja atendido. “Recebemos essa notícia com profunda indignação, não podemos aceitar essa decisão, pois a demanda do Pará beneficiará São Paulo, o Centro-Oeste, Tocantins, Maranhão e aquele que pautou esse assunto, que foi o minério do Pará”, destacou o parlamentar.

Cadastre-se  aqui

Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar
Fechar Menu