A criação de uma Força Nacional de Saúde para combater a pandemia do coronavírus no Brasil, proposta pelo deputado federal José Priante (MDB-PA), foi apresentada oficialmente hoje (22) ao presidente Jair Bolsonaro pelo deputado federal Baleia Rossi (SP), presidente nacional do MDB e líder do partido na Câmara, em reunião no Palácio do Planalto.

A proposta de Priante é inspirada no modelo da Força de Segurança Nacional, que é acionada para conter o avanço da criminalidade em cidades e estados que enfrentam crises na segurança pública. O projeto de Priante, apresentado à presidência do MDB na última terça-feira (21/04) prevê a criação de equipes médicas especializadas para que atuem nas cidades mais atingidas pelo Covid-19, como por exemplo, Belém (PA), Manaus (AM) e Fortaleza (CE), onde faltam leitos para atender pacientes infectados e é crescente o número de mortes causadas pelo coronavírus.

Essas equipes seriam compostas por infectologistas, pneumologistas e outros profissionais de saúde, que seriam auxiliados por tropas especiais do Exército, da Aeronáutica e da Marinha para dar suporte técnico e logísticos à Força Nacional de Saúde nas cidades mais atingidas. Os militares auxiliariam, por exemplo, no transporte e distribuição de equipamentos hospitalares, medicamentos e materiais de proteção usados pelos profissionais de saúde.

“Essa Força Nacional de Saúde vai ajudar o governo federal a remanejar os profissionais para áreas onde a demanda seja maior”, defende Priante. “Com esse trabalho, as cidades que têm poucos casos e estão com a situação controlada, poderão ‘emprestar” os seus profissionais para outras localidades durante a pandemia”.

O presidente Bolsonaro se comprometeu com o presidente do MDB a analisar, com sua equipe de governo, a proposta defendida por Priante.

Cadastre-se  aqui

Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar
Fechar Menu