priante re 300x225 - MDB quer que governadores lutem pela Nova Previdência

A bancada do MDB na Câmara dos Deputados quer que os governadores e prefeitos se manifestem publicamente em defesa da aprovação da Nova Previdência e da inclusão dos estados, dos municípios e do Distrito Federal no projeto da reforma previdenciária apresentada pelo Governo Federal.

Essa manifestação defendida pela bancada pode ocorrer na próxima segunda-feira, em Brasília, quando acontecerá mais uma rodada do Fórum de Governadores para discutir a reforma.

A proposta de engajar publicamente governadores e prefeitos no debate da reforma foi apresentada pelo deputado federal José Priante (MDB-PA), em reunião da bancada realizada hoje (5) na Câmara, com a presença de dois dos três governadores do partido: Helder Barbalho, do Pará, e Renan Filho, de Alagoas.

O governador do DF, Ibaneis Rocha, não compareceu, alegando reunião com dirigentes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por causa do jogo Brasil X Qatar.

Os dois governadores pediram aos deputados do MDB que defendam e votem pela inclusão dos estados e municípios no projeto da Nova Previdência. Já os deputados cobraram mais engajamento dos governadores na luta pela aprovação das mudanças, especialmente as questões de consenso dentro da classe política.

Os deputados também reclamaram que a maioria dos governadores, principalmente dos partidos de oposição, é a favor da reforma apenas nos bastidores, mas publicamente se manifesta contra as medidas para não desagradar os eleitores.

“CARA A TAPA”

priante reu 300x225 - MDB quer que governadores lutem pela Nova Previdência
Bancada do MDB quer inclusão dos estados na reforma da Previdência

Os deputados querem que os governadores, independentemente de partido, “deem a cara a tapa”, ou seja, defendam publicamente a reforma e enfrentem eventuais desgastes políticos que os parlamentares favoráveis ao projeto estariam sofrendo.

Para Priante, o Fórum de Governadores é o momento oportuno para que os governantes se manifestem sobre a reforma. “Quem não comparecer ou não justificar a ausência é porque de fato não quer a reforma, mas não poderá pedir à bancada do seu estado para votar a favor do projeto”, argumentou Priante.

O maior impasse hoje no Congresso Nacional, segundo o parlamentar, é se os estados e municípios vão ou não ficar de fora da reforma proposta pelo governo. “Temos que definir se faremos uma reforma apenas para o ajuste fiscal da União ou se essa reforma atingirá todos os estados, os municípios e o Distrito Federal”, ressaltou Priante. “Eu defendendo uma reforma da previdência para todos os brasileiros. Não se pode fazer uma reforma Frankenstein, uma reforma pela metade”.

Por sugestão do parlamentar, o líder do MDB, deputado Baleia Rossi, vai propor ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que receba os governadores ainda na segunda-feira, antes que o relator da reforma,deputado Samuel Moreira (PSDB-SP),apresente o seu parecer, o que está previsto para a próxima terça-feira.

Helder e Renan Filho assumiram o compromisso de conversar com os demais governadores sobre o encontro aprovado pela bancada e sobre o engajamento público dos governantes na luta pela reforma.

 

 

 

 

Cadastre-se  aqui

Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar
Fechar Menu